O acervo de projetos, publicações e debates ao longo dos 23 anos do Instituto Raízes em Movimento

Com 23 anos de atividades, o Instituto Raízes em Movimento estabeleceu uma  base de publicações e livros destinados a impulsionar pesquisas e a difundir o conhecimento local. Decidimos reunir uma seleção especial de obras do nosso acervo para convidá-los a explorar os resultados dos projetos realizados pelo Raízes e que impactam diretamente na vida dos moradores das favelas, colocando as suas demandas, histórias e saberes no centro dos debates e ações do Instituto.

Entre essas edições, destacam-se os seguintes títulos: 

  • O “Plano de Ação Popular – Agenda 2030” se trata de uma importante iniciativa de conscientização de lutas e mobilização de ações em torno de temáticas previamente discutidas nos encontros entre os moradores do Complexo do Alemão – CPX, coletivos e organizações locais. Dessa maneira, reforça a responsabilidade dos órgãos estaduais, municipais e federais sobre as políticas públicas necessárias para o desenvolvimento da favela em áreas como saúde, educação, juventude, esporte, segurança pública, etc. Sua abordagem prática e acessível o torna uma referência essencial para ações coletivas no CPX e em outras favelas do Rio de Janeiro também.

Baixe o PDF

  • O livro “Complexo do Alemão: uma bibliografia comentada” faz parte do projeto “Memória, Identidade e Cidade: Caminhos para a construção do CEPEDOCA (Centro de Pesquisa, Documentação e Memória do Complexo do Alemão)”, um projeto de extensão coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em conjunto com o Raízes em Movimento. Trata-se do resgate da identidade e da memória coletiva a partir dos debates com moradores em praças públicas, pesquisas acadêmicas de professores e alunos da UFRJ e a montagem de acervos documentais no ponto de vista dos saberes de moradores e moradoras. O resultado é a transformação de todo esse trabalho em um portal de consulta para qualquer morador do CPX ou de outras favelas, organizações locais e para profissionais da Educação que trabalham no bairro possam conhecer melhor o território e trabalhar as suas demandas dentro das suas atuações locais.

Baixe o PDF

  • “Praça pr’Alemão ter: o germinar de uma praça verde no morro do Alemão”, um livro que documenta não apenas a busca por um espaço verde na Av. Central, mas também destaca a importância do ativismo ambiental, da responsabilidade social e do urbanismo participativo em nome de uma causa real. Fruto da troca de saberes e conhecimentos entre a favela e a universidade, a praça foi projetada e construída coletivamente entre moradores do Complexo do Alemão e professores da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU – UFRJ), em um canteiro de obras e virou mais um espaço de lutas coletivas, debates sobre os conceitos de democracia urbana. Este livro conta como se deu todo o processo de construção e concretização desse sonho, desde a escolha do lugar até como se deu a realização dessa obra.

Baixe o PDF

  • O livreto “Travessa Laurinda – conhecer e desenvolver” consiste em uma iniciativa piloto no morro do Alemão para a construção de um diagnóstico socioambiental propositivo para futuras intervenções na área, ou seja, entender como estão as questões socioambientais e urbanísticas de acessos à residências pelas ruas e vielas da favela, como isso impacta o cotidiano dos moradores e moradoras da Travessa Laurinda de diferentes maneiras e quais seriam as propostas de solução para essas demandas. Esta ação contou com a participação ativa dos moradores locais através da Associação de Moradores do Morro do Alemão (AMMA), apoiada por instituições como a UFRJ junto a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), o projeto de extensão Encosta Viva (Escola Politécnica) e o Observatório das Metrópoles (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano – IPPUR).

Baixe o PDF

 

São histórias de lutas coletivas, conquistas e saberes que mostram que a verdadeira mudança começa quando valorizamos e respeitamos as vozes do próprio território.

Autores:

Lorena Barbosa

A narrativa envolvente acima é trazida até você pela dedicada equipe do Instituto Raízes em Movimento. Como apaixonados defensores do fortalecimento comunitário, compartilhamos histórias autênticas e experiências inspiradoras do Complexo do Alemão, promovendo a conexão e compreensão entre as pessoas. Juntos, celebramos a resiliência, a esperança e o espírito vibrante desta comunidade incrível. Convidamos você a explorar mais sobre o nosso trabalho e a se juntar a nós nessa jornada de transformação

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

É DAR MIL PASSOS PARA TRÁS ESSA TAL PEC das drogas

A Proposta de Emenda Constitucional 45 (PEC45), votada no Senado Federal em 16 de abril de 2024, representa um grave retrocesso aos direitos humanos e às conquistas sociais alcançadas no Brasil no que diz respeito às discussões sobre legalização das drogas.